Filho de Schumacher é 2° em seu primeiro teste na Fórmula 1

Em seu primeiro teste na Fórmula 1, o jovem alemão Mick Schumacher, filho do heptacampeão Michael Schumacher, levou sua Ferrari à segunda posição no primeiro dia de testes coletivos no Bahrein, em sessão realizada nesta terça-feira, 2. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, ficou na liderança, e o brasileiro Pietro Fittipaldi, da Haas, no 12° lugar.

Em uma terça-feira atrapalhada por bastante chuva no deserto, que provocou duas paralisações no primeiro dia de atividades coletivas, Mick Schumacher fez sua volta mais rápida em 1min29s976, já com pista seca. Só ficou atrás do holandês Verstappen, que cravou 1min29s379 em um de seus últimos giros pela pista do Bahrein.

No treinamento, Mick Schumacher, de 20 anos, conseguiu completar 56 voltas, a maioria delas entre a primeira e a segunda interrupção por conta das chuvas. Verstappen deu 62 voltas, enquanto que o piloto que mais andou foi o inglês Lewis Hamilton, pentacampeão mundial e vencedor da corrida no último domingo, com 77 giros – ficou com o sexto melhor tempo do dia.

Veja também

  • EsporteF1: Filho de Michael Schumacher está ‘confiante’ em teste pela Ferrari28 mar 2019 – 17h03
  • EsporteF1: ingressos para GP do Brasil vão de R$ 610 a R$ 16.60018 mar 2019 – 18h03

O alemão também testará um carro da equipe Alfa Romeo (ex-Sauber) com motor Ferrari nesta quarta-feira, 3. No último fim de semana, o filho de Michael Schumacher estreou na Fórmula 2 no circuito de Sakhir, e terminou em oitavo e sexto lugares nas duas corridas.

O teste desta terça-feira na versão SF90 da Ferrari foi a primeira experiência oficial de Mick Schumacher com um carro de Fórmula 1 moderno. Em 2017, em homenagem a Michael Schumacher, ele pilotou a Benetton que deu um título ao seu pai em 1994 no circuito de Spa-Francorchamps antes do GP da Bélgica.

Quem também participou do primeiro dia de testes coletivos nesta terça no Bahrein foi Fernando Alonso. Pela primeira vez pilotando um carro de Fórmula 1 desde a aposentadoria da categoria no final do ano passado, o espanhol completou 64 voltas a bordo de uma McLaren como parte do programa de pneus da Pirelli. Ele ficou na 11ª colocação, com o tempo de 1min32s207.

O brasileiro Pietro Fittipaldi teve a melhor volta em 1min32s708, sendo mais rápido apenas que as Williams do polonês Robert Kubica e do britânico George Russell e que a Toro Rosso do russo Daniil Kvyat.

Mick Schumacher durante os teste de Fórmula 1 da Ferrari em Sakhir, Bahrein – 02/04/2019Reuters

(com EFE e Estadão Conteúdo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *