Museu Nacional emite nota de solidariedade a franceses por Notre-Dame

Atingido por um grande incêndio em setembro do ano passado, o Museu Nacional manifestou solidariedade aos franceses, nesta segunda-feira 15, pelas chamas que destruíram parte da Catedral de Notre-Dame, em Paris.

“O Museu Nacional lamenta o incêndio ocorrido na tarde desta segunda-feira, dia 15 de abril, na Catedral de Notre-Dame, em Paris. Nossa instituição, que viveu episódio semelhante em sua história recente, se solidariza com os franceses neste momento”, diz nota divulgada pelo museu.

Igreja mais famosa da capital francesa, a Notre-Dame passou por quase 8 horas de incêndio, que fez desabar parte de sua estrutura. A catedral é considerada uma obra clássica do estilo gótico, que foi construída entre 1160 e 1345.

Veja também

  • MundoApós quase 8 horas, incêndio em Notre-Dame é controlado16 abr 2019 – 00h04
  • Família doa 100 milhões de euros para reconstrução de Notre-Dame15 abr 2019 – 21h04
  • MundoAlém de Notre-Dame: patrimônios culturais que o mundo perdeu no século XXI15 abr 2019 – 21h04

Acervo perdido

O incêndio de grandes proporções que atingiu o palácio Paço de São Cristóvão, principal prédio do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, causou grandes danos no acervo de 20 milhões de itens e fez com que o teto do prédio desmoronasse.

Além do acervo, que incluía desde história natural até importantes peças históricas que começaram a ser reunidas pela família real brasileira, o palácio também tinha importância histórica por ter sido a casa dos próprios monarcas até o fim do Império.

Desde o desastre, a instituição e o governo brasileiro realizaram trabalhos emergenciais de escoramento da fachada e ainda buscam peças sob os escombros do incêndio.

(Com Agência Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *